É GOLO DO SPORTING!

sexta-feira, novembro 11, 2005

Tiroteio no Canadá

Parece que é preciso ir até ao Canadá para ver o Sporting proporcionar e ganhar um bom jogo de futebol. Mais ainda, é preciso lá ir para ver o pistoleiro facturar! Dispensavam-se era os 3 golos sofridos!

quinta-feira, novembro 10, 2005

Haja paciência para tão pouca inteligência!

Este indivíduo chamou burros e ignorantes aos sócios do próprio clube, fez uso de uma chantagem primária com base em elementos completamente descabidos e irrealistas e no fim ficou a rir-se, com a multidão adepta a fazer-lhe vénias. Espero que nunca abram os olhos. Daqui a uns tempos, do punhado de tolos que comprou o kit de sócio, digam-me quantos vão pagar as primeiras cotas.

segunda-feira, novembro 07, 2005

Até mete nojo!

Conseguem o empate graças a duas faltas inventadas pelo árbitro e ainda se queixam de terem sido prejudicados. Como se não bastasse ainda abrem a boca para falar do golo não assinalado à União de Leiria frente ao Sporting. Aconselho o ex-presidente da casa dos tripeiros do Luxemburgo e wanna be Presidente do FC Porto a ser ele mesmo a colocar determinadas pessoas na jarra. E até tenho uma sugestão, que tal o regressado à banal insignificância Nuno Gomes? Acho que a florzinha ia ficar bem na entrada do pré-fabricado da Luz.

sábado, novembro 05, 2005

Ele é o melhor

No jogo com o Leiria Ricardo provou mais uma vez que é o melhor guarda-redes português e um dos melhores do mundo. Qual é a equipa que não gostaria de contar com um keeper capaz de tirar uma bola que é golo certo? Uma defesa só ao alcance dos predestinados!

terça-feira, novembro 01, 2005

Qual o peso desta Cruz?

Esperemos que sejam 3 pontos na deslocação a Paços de Ferreira!

quarta-feira, outubro 26, 2005

Vende-se Jogadores

Excelentes jogadores para pré-temporadas. O primeiro, quando ao serviço de uma equipa de segunda linha, parece mesmo bom jogador. O segundo é muito versátil, numa época pode mudar de posição no campo e até de plantel.

Gilberto Galdino dos Santos

Médio Defensivo

SL Benfica

Hélder Manuel Marques Postiga

Avançado

FC Porto B

terça-feira, outubro 25, 2005

Oh merde...

No dia 5 de Dezembro de 1982, Johan Cruyff toca a bola para o seu lado esquerdo na marcação de uma grande penalidade. Jesper Olsen, colega de equipa do holandês, vai de encontro ao esférico e devolve-o a Cruyff, que atira para o fundo da baliza. O adversário era o Helmond Sport.
Este fim-de-semana, os artistas da foto tentaram uma gracinha semelhante, mas a coisa deu para o torto. A sorte de Pires e Henry foi o Arsenal ter ganho, com um penalty de Pirés, pois se o resultado tivesse sido outro dúvido que falassem da situação com a mesma boa disposição. Mas também quem os pode condenar? Como afirma o próprio Pires, que na sua infância e adolescência dava uns toques pelas praias de Viana do Castelo, "We put some humor into soccer, it's not that bad". Pois não, monsieur Carralho!

segunda-feira, outubro 24, 2005

E tu deixas Adrianse?

Tanta coisa em torno dos cabelinhos difíceis do plantel do Porto e este senhor pode andar a exibir o seu belo corte pelos relvados nacionais e europeus? Meu caro apenas Adrianse (foram-lhe ao Co), este look gipsy já é do seu agrado?
Já tou a ver o craque a passear-se nos corredores dos hoteis onde a equipa estagia, orgulhoso dos seus cabelinhos abaixo da nuca, o fio de ouro ao pescoço, a meinha branca adornada com raquetes e o chinelinho de praia. Muito nível, de facto!

Do mal, o menos

A televisão consegue esclarecer foras-de-jogo, dissipar dúvidas em muitos lances, mostrar em pormenor os gestos técnicos mais vistosos, entre muitas outras coisas. Mas há detalhes que nem a mais potente das tele-objectivas consegue captar. Foi o que se passou no Estádio Municipal de Barcelos, onde só quem lá esteve pode testemunhar as habilidades de Paulo Costa, aquele tipo que passeava o apito dentro das quatro linhas. Houve dualidade de critérios? Houve. Houve uma série de preciosismos bacocos, sempre a prejudicar o Sporting? Houve. Houve grandes penalidades por assinalar a favor do Sporting? Houve pois. Houve uma total condescendência perante o anti-jogo primário dos gilistas? De que maneira!
O golo do empate até pode ter surgido numa altura do jogo em que já poucos acreditavam ser possível, mas um resultado final de 2-2 é uma pena muito pesada para os leões, que jogaram mais e fizeram mais pela vitória. Mesmo assim, uma equipa como a nossa não pode consentir dois golos desta forma, mais ainda contra uma equipa que, excluindo os lances dos golos, rematou uma vez apenas à baliza!

domingo, outubro 23, 2005

Tão contente que ela ficou!


Entre todos os momentos do jogo, o site oficial do Benfica resolveu dar destaque à alegria de Celeste depois de converter em golo um cruzamento de Nélson. "Com amor"... que titulo tão lindo! Uma coisa é certa, se há momentos em que Nuno Gomes factura, é quando lhe metem as bolas com amor!